ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Criança acompanhada pelo Caps cria sua própria sirene de alerta contra rompimento de barragem

07/02/2020 NOTÍCIA
Desenho de criança que criou a sua própria sirene, na expectativa de se for necessário, ela irá tocar.

Um olhar sobre as crianças depois do rompimento da Barragem Córrego do feijão em Brumadinho

Caps i Brumadinho
Por Ana verona - psicóloga

No dia 25 de janeiro, todos da cidade de Brumadinho foram atingidos por um mar de lama que destruiu tudo que encontrava pela frente... vidas, casas, rio, plantações, sonhos e esperanças ... As crianças foram impactadas com diversas perdas... algum ente querido, lugar onde moravam, animais de estimação, lugar onde brincavam, o rio em que pescavam e a tranquilidade de uma cidade de interior.
Com todas as perdas tornaram-se “crianças com medo”: medo de familiares serem levados pela lama... medo de sirene... medo de helicóptero... medo de barulho alto... medo de ficarem sozinhas... medo de brincar... medo do futuro... Já não é mais um medo que faz parte do imaginário infantil, mas um medo real que pode causar desequilíbrio psicológico e emocional na criança. Acreditamos na superação, na resiliência e no poder da criança em se reinventar.
É preciso convocar a palavra. é preciso dar um novo significado à experiência traumática. é preciso aumentar a autoconfiança. é preciso se solidarizarem umas com as outras. trilhar um novo caminho é preciso.