ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Alimentos produzidos em Brumadinho continuam saudáveis e seguros para consumo

11/04/2019 NOTÍCIA

A maior parte dos agricultores de Brumadinho não utiliza as águas do Paraopeba para a irrigação e, sim, de outros muitos mananciais do município que não foram atingidos pela lama da Vale

Hoje, 11 de abril, o representante da secretaria de Agricultura de Brumadinho, Cleverson de Assis Duarte, coordenador do Banco de Alimentos do município e membro titular da rede de Banco de Alimentos da Região Metropolitana de Belo Horizonte - RMBH, esteve em reunião com representantes de outras dez cidades, para esclarecer, a pedido da Rede de alimentos, a situação dos alimentos produzidos em Brumadinho, depois da tragédia da Vale.

Segundo o representante, os agricultores de Brumadinho continuam aptos a participar do Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, porque a área devastada pela lama corresponde a uma pequena porcentagem do espaço rural atingido, ou seja, cerca de 0,5% do território. “A maior parte da área rural do município está em perfeita condição de produção e os alimentos continuam seguros para o consumo, considerando que temos inúmeras bacias de água, de diferentes mananciais, utilizada pela maioria dos produtores”, esclareceu.

“É compreensível a preocupação, mas os alimentos continuam saudáveis e com boa qualidade para o consumo, uma vez que os agricultores de Brumadinho não utilizam da água do rio Paraopeba para irrigar as lavouras”, garantiu. “Além disso eles são fiscalizados pela secretaria de Agricultura, Ima e Emater, por isso devemos manter os agricultores inscritos e participantes do PAA”, garantiu.